DESCOMPLICANDO O TRATAMENTO DA INFERTILIDADE

O QUE É INFERTILIDADE?

É a ausência de gravidez após 1 ano de tentativas, sem uso de método contraceptivo. A infertilidade atinge cerca de 14% dos casais e está relacionada a vários fatores, tais como: endometriose, infecções genitais, síndrome dos ovários policísticos, e fatores relacionados ao estilo de vida, como tabagismo e obesidade. Nos homens, a dificuldade para engravidar pode ser decorrente da varicocele, infecções, doenças genéticas, entre outras causas.  Vale lembrar que a idade é o fator isolado mais importante relacionado a chance para mulher engravidar: quanto mais jovem, maior a chance de gravidez, seja ela espontânea ou através de algum tratamento.

É importante definir a causa da infertilidade para que o melhor tratamento, de acordo com o diagnóstico, seja indicado. Para isso, o casal deve ser avaliado pelo médico que atua em reprodução humana, que solicitará os exames necessários.

 

QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS PARA INFERTILIDADE?

Em todos os tratamentos, são utilizadas medicações que induzem a ovulação, de acordo com o número de óvulos desejado.

– INDUÇÃO DA OVULAÇÃO COM COITO PROGRAMADO: indicado para casais com problemas para ovular como, por exemplo, nos casos de síndrome de ovários policísticos. São utilizadas medicações como comprimidos ou injeções e a resposta é avaliada pela ultrassonografia. O casal é, então, orientado a manter relações nos dias de maior fertilidade.

– INSEMINAÇÃO INTRAUTERINA: técnica que consiste na colocação de um preparado de espermatozoides na cavidade uterina, através de um cateter (tubo de plástico fino). É indolor.  Indicada em casos de problemas de ovulação (como a síndrome do ovário policístico), problemas no colo do útero e redução do número de espermatozoides, por exemplo . a taxa de sucesso depende da indicação e da resposta do casal ao tratamento.

– FERTILIZAÇÃO IN VITRO (FIV): técnica de Reprodução Asssitida mais utilizada atualmente. Tem várias indicações, tais como: obstrução das trompas (inclusive após laqueadura), endometriose, alterações do esperma, infertilidade sem causa aparente, alterações ovarianas e gestação com doação de gametas (como, por exemplo, mulheres com menopausa precoce e casais homoafetivos). São utilizadas medicações para que ocorra a estimulação dos ovários e produção de vários óvulos, que são captados sob anestesia e fertilizados em laboratório. Formado o embrião, este é transferido para o útero, num processo simples e indolor. A taxa de sucesso varia entre 30 a 90%, dependendo de fatores como a idade da mulher e a causa da infertilidade.

– INJEÇÃO INTRACITOPLASMÁTICA DE ESPERMATOZOIDE (ICSI): semelhante à FERTILIZAÇÃO IN VITRO (FIV), mas o espermatozoide é injetado dentro do óvulo no laboratório. Indicada quando o número de espermatozoides é muito baixo.

– CONGELAMENTO DE ÓVULOS:  pode ser realizado quando uma mulher deseja preservar sua fertilidade, seja devido à idade ou antes da realização de tratamentos de saúde que podem comprometer a fertilidade, como quimioterapia.

ONDE REALIZAR O TRATAMENTO?

A Inseminação Intrauterina é realizada em nossa cidade.

Além disso, temos parceria com a Clínica SEMEAR, de Ribeirão Preto. Assim, os casais têm facilidade de acesso à SEMEAR e farão a maior parte de seu tratamento em Itapetininga, possibilitando um acompanhamento mais próximo, com maior comodidade, sem necessidade de deslocamentos frequentes.

A SEMEAR fertilidade é uma estrutura exclusivamente dedicada ao tratamento em Reprodução Humana, incluindo técnicas como FIV (Fertilização In-Vitro), ICSI (Injeção Intra-Citoplasmática de Espermatozóides), Inseminação e Congelamento de Óvulos. Tem como um de seus princípios o esforço contínuo para o tratamento mais acessível, permitindo que mais casais tenham a possibilidade de usufruir das técnicas de reprodução assistida.

Para mais informações, acesse:

https://www.ayub.med.br/

http://www.clinicasemear.com/itapetininga-sp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *